Artigos
Prazo de validade de cosméticos
Postura – seu cartão de visitas
Nunca é tarde para se cuidar!
A franja certa para seu rosto
SOS BELEZA
Fique linda nesse verão
Mulheres: vocês tem concorrentes de peso nos procedimentos estéticos
Tenha lábios lindos
Campeões de 2008: Aplicação de Botox e preenchimento facial
CELULITE
Botox, esse desconhecido.
Massagem clássica: como funciona?
A mulher e a obsessão pela beleza
Jóias
Estética e tabagismo
Benefícios da drenagem linfática
Postura e beleza

Bicho da Rua

A mulher e a obsessão pela beleza

Autor: Dra. Marta Murteira

É fato que uma mulher gosta de ser elogiada. Independente de onde vai...

"É fato que uma mulher gosta de ser elogiada. Independente de onde vai partir o elogio, é sempre bom ouvir que sua aparência está ótima, que parece mais nova, que seus cabelos estão lindos, que está muito elegante e cada vez mais magra... Enfim, parece não ser muito difícil arrancar um sorriso de uma mulher. Entretanto, quando algo não vai bem com o visual, tem-se um forte motivo para preocupações. Não vou sair porque não tenho a roupa adequada, porque não tive tempo para pintar os cabelos, porque me sinto gorda, porque estou muito velha pra isso, ou seja, não faltam desculpas que demonstrem o descontentamento feminino. Evidentemente, esses fatores influenciam no dia-a-dia, com conseqüências tanto para o relacionamento com os amigos, com o companheiro e, o mais importante, consigo mesma. Como fazer para se libertar dessa obsessão? Veja o que diz a Dra. Marta Murteira".

1 - As mulheres têm uma obsessão pela melhor aparência. Uma forma de controlar essa situação seria mantendo a auto-estima em alta? Como?

Certamente, porque um dos ingredientes que compõem nossa auto-estima é a nossa auto-imagem. Se sua imagem lhe desagrada, conseqüentemente, você poderá começar a se comportar de modo a demonstrar insegurança, timidez, medo do desconhecido e vergonha, ou seja, mostrará que sua auto-estima está em baixa. A auto-imagem que temos é capaz de travar nosso potencial, assim como pode fazer com que nosso talento evolua. Por isso é tão importante se amar e se cuidar. Assim, antes mesmo de se expressar verbalmente, você mostrará que gosta de ser bem tratada.


2 - Como posso perceber que minha auto-estima está em baixa?

Os resultados observados em nossa vida podem ajudar bastante a dar conta disso. Se sua vida profissional, sexual, afetiva, financeira, familiar ou sua própria saúde não estão bem, a probabilidade de sua auto-estima estar em baixa é grande. Aliás, vale lembrar que a auto-estima se constrói desde a vida intra-uterina, quando somos ou não bem aceitos por nossos pais. Depois, ela segue se desenvolvendo pela infância. Apesar disso, existem muitos exemplos de pessoas que não receberam o apoio e atenção necessários quando pequenos, mas foram capazes de construir amor próprio de maneira sólida.

3 - O que começar a fazer para virar o jogo?

Uma forma de constatar que temos nossa auto-estima elevada é observando a relação de afeto e respeito que temos por nós mesmo. Logo, o amor próprio é o alicerce da auto-estima, devendo ser incondicional. Além de exercitar seu amor próprio, trabalhe sua auto-imagem. Ela mobiliza recursos internos que interferem em seu cotidiano. Elevando seu amor próprio e melhorando sua auto-imagem, conseqüentemente, você terá um auto-conceito mais em alta, o que também é fator relevante. Estimulando esses três fatores, com a mente e as emoções já esclarecidas, terá coragem suficiente para enfrentar as mais diversas situações do dia-a-dia, ou seja, sua auto-confiança permitirá novos e bons resultados.

4 - O que fazer se não me encaixo nos atuais padrões de beleza, ou melhor, se não me pareço com as lindas mulheres que estão nas revistas?

Você não precisa ser como elas. Aliás, não precisa ser como ninguém. O que deve externar é aquilo que está dentro de si mesma. Agora, se não está satisfeita com seu visual, vá em busca dos recursos que possam ajudá-la a se sentir mais bonita. Peça conselhos, procure um especialista, pesquise. Existe uma série de tratamentos estéticos, cosméticos, enfim, o que não faltam são recursos que atuem na beleza feminina. Demonstre alegria de viver! Uma mulher sorrindo é muito mais bonita que qualquer outra que esteja insatisfeita com a vida.

5 - A baixa auto-estima pode influenciar minha vida sexual?

Claro! Quando não se está bem consigo mesma, nada lhe fará feliz. Com a auto-estima elevada, você melhora o seu desempenho profissional, aumenta suas habilidades, competências e possibilidades de criar vínculos permanentes e significativos, melhora sua saúde, aumenta sua auto-confiança e, inclusive, a capacidade de escolher o que é melhor para si.

6 - Que conselhos a senhora dá a quem está com a auto-estima baixa, mas esteja querendo dar a volta por cima?

Exercite esses quatro pilares: amor próprio, auto-imagem, auto-conceito e auto-confiança. Observe-os com cuidado e veja como está reagindo errado com relação a eles. Pare de se destruir, de optar pela depressão e pela ansiedade, de remoer suas fraquezas, de pensar de forma irracional, de referir-se a si mesma negativamente, de permitir que lhe critiquem destrutivamente, saia do tédio e da monotonia, não destrua padrões saudáveis de vida, não se deixe oprimir por exigências. Além disso, faça orações, medite, relaxe, tire um tempo para si mesma, cuide de seu corpo com uma boa alimentação, estabeleça e tente alcançar metas, decida qual o seu valor, identifique suas forças e seja sua melhor amiga. E, por fim, não tenha medo de ser feliz!

Consultoria:

Dra. Marta Murteiraginecologia, obstetrícia, medicina estética – CRM: 5241839-6 – Professora de pós-graduação pela IAAM/ASIME (Associação Internacional de Medicina Estética); Membro da Diretoria da CABMCE (Capítulo Brasileiro de Medicina e Cirurgia Estética); Membro da Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Rio de Janeiro.

Consultórios:

Barra da Tijuca/ RJ: Av. das Américas, 500, Bl.8, Cob. 320 - Tel.: 021.3171.3171;

Méier/RJ: Rua Magalhães Couto, 317 - Tels.: 21.3272.2966/ 21.2583.4681;

Copacabana/RJ: Rua Figueiredo de Magalhães, 219, Sl. 205 – Tel.: 21.3079.8805;

Cel.: 21.9812.7538

E-mail: martamurteirapinheiro@gmail.com

Autor: Dra. Marta Murteira
E-mail: martamurteirapinheiro@gmail.com


Gostou? Clique no +1

Beleza | Atividade Física | Gestantes | Incontinência Urinária | Maturidade | Nutrição | Psicologia | Saúde

mulhersaudavel.com.br
Saúde e Beleza - incontinencia urinaria, fisioterapia, tratamento, gestante, exercicios
É fato que uma mulher gosta de ser elogiada. Independente de onde vai, mulher, elogiada, Independente
contato@mulhersaudavel.com.br

Hospedado por Oxyhost