Artigos

Bicho da Rua

A diferença entre amor e paixão

Autor: Dani Duarte

A diferença entre amor e paixão

A diferença entre amor e paixão

    Uma grande amiga tinha vivido, durante três anos, um relacionamento muito turbulento cheio de ciúmes, términos e voltas súbitas. Onde o sofrimento era maior do que a  felicidade. Onde o ciúme imperava. Onde a insegurança era maior do que a certeza. E como não podia ser diferente, a história chegou ao fim. No auge do seu sofrimento ela me disse que a vida sem ele não tinha mais graça e
que nunca mais iria amar outra pessoa!  Foi aí que eu perguntei se o que ela sentia por ele era amor de verdade ou uma daquelas paixões avassaladoras que nos deixa sem rumo, sem chão, sem visão, sem identidade e que nos faz passar a gostar mais do outro do de nós mesmos. Ela me respondeu, com toda certeza do mundo, que era amor verdadeiro. Aquela resposta não me surpreendeu em nada, pois
quem nunca teve um relacionamento como este tão avassalador? Quem nunca cometeu uma loucura por alguém por achar que aquela era pessoa da sua vida? Quem nunca abriu mão do que mais gostava pra viver o que o outro mais gostava? Quem nunca achou que se ele ou ela te deixasse a vida não valeria mais a pena? Muitas pessoa costumam acreditar que  isto é amor. Mas definitivamente não é. E digo com conhecimento de causa. Existe uma grande diferença entre paixão e amor.

   Paixão é euforia, amor é calmaria. Paixão é rápida, amor é duradouro. Paixão é súbita, amor é progressivo. Paixão é agressiva, amor é delicado. Paixão é vendaval, amor é brisa. Paixão destrói, amor constrói. Paixão vinga, amor perdoa. Paixão é doença, amor é saúde. Paixão é dor, amor é alívio. Paixão é dúvida, amor é certeza. Paixão é loucura, amor é cura. O amor faz a gente
querer ser mais, querer aprender mais para poder trocar com quem amamos novas lições de vida. O amor ajuda a superar dificuldades enquanto que a paixão cria obstáculos. A paixão é totalmente egocêntrica, passional, escandalosa. O amor é cuidadoso, atencioso e cúmplice. Ele nos faz acreditar que a felicidade não está nas mãos de outra pessoa e sim nas nossas mãos. Que só podemos ser felizes com alguém se conseguirmos ser felizes com nós mesmos.

    O amor é aceitar que o outro tem defeitos, que somos diferentes, mas que podemos conviver com estas diferenças, pois o que atrai duas pessoas é exatamente o que um tem e o outro não. Há quem acredite que é necessário viver cegamente uma paixão já que as pessoas hoje em dia não se permitem mais sofrer. Mas quem disse que quem ama não sofre, não chora, não erra, não sente ciúmes e não se decepciona às vezes.

    Apesar da paixão ter mais contras do que prós em relação ao amor ainda acho que não há vida sem um pouco de paixão. Portanto o melhor seria viver a vida apaixonadamente para que possamos ter um amor de verdade!!!


autora: Dani Duarte
Bióloga e escritora
e-mail: danidapborboletasnabarriga@gmail.com
Autor: Dani Duarte
E-mail: danidapborboletasnabarriga@gmail.com


Gostou? Clique no +1

Beleza | Atividade Física | Gestantes | Incontinência Urinária | Maturidade | Nutrição | Psicologia | Saúde

mulhersaudavel.com.br
Saúde e Beleza - incontinencia urinaria, fisioterapia, tratamento, gestante, exercicios
A diferença entre amor e paixão, mulher, diferença
contato@mulhersaudavel.com.br

Hospedado por Oxyhost